New York! #5

Vista sobre NY do Empire State Building com o Primo Daniel

Começa a chegar ao fim a minha estadia de duas semanas nos Estados Unidos da América.

As saudades de casa começam a sentir-se, mas a estadia e convivío com a família que não via há dezoito anos, faz-me querer ficar por mais tempo.

Empire State Building

No dia 24 de Abril, voltámos a ter um dia em cheio em Nova Iorque: era dia de visitar o emblemático Empire State Building! Este arranha-céus situa-se na 5th Avenue, em Manhattan, e conta com 102 andares. Tem uma altura de 381m no seu último andar, mas a sua antena chega aos 443m de altura.

O Empire State Building tem uma vista de 360º sobre a cidade de Nova Iorque. É fabuloso ver uma cidade inteira a 381m de altura. Tudo parece miniatura, visto lá de cima. Subimos de elevador, num instante, os 102 andares. Aproveitámos para tirar várias fotografias, nas várias perspectivas possíveis sobre a cidade, enquanto observávamos aquela vista fabulosa.

Uma vez que estavamos na 5th, aproveitámos para descer até ao Flation Building. Tudo o que parece ser perto, é longíssimo. A avenida é enorme e tivemos de andar bastante, principalmente porque depois fizemos o caminho inverso para almoçarmos no Central Park.

Empire State Building

Flation Building, na 5th Avenue

O Flation Building foi um dos primeiros arranha-céus construídos em Nova Iorque, inaugurado a 1902. O seu nome remete à semelhança que a sua forma tem com um ferro de engomar a roupa. O Flation Building conta com 22 andares e uma altura de 87m.

Depois voltámos até ao Central Park, onde acabámos por almoçar. É muito engraçado fazer actividades que muitos nova-iorquinos fazem, o que nos permite entrar na rotina da própria cidade e sentir um bocadinho melhor o espírito que ali se vive.

Quando acabámos de almoçar, seguimos pela lateral do Central Park até ao Museu Nacional de História Natural. Como já referi, tudo parece perto nos mapas, mas desenganem-se, é sempre uma valente caminhada. Por brincadeira, e em forma de suavizar o esforço, eu e o meu primo iamos contanto as ruas paralelas por que passávamos, como se de uma contagem decrescente se tratasse.

Assim, a caminhada até ao Museu não pareceu assim tão grande (ou talvez sim).

Museu Nacional de História Natural

O Museu Nacional de História Natural, fundado em 1869, é um museu muito conhecido pela sua vasta colecção de fósseis, incluindo as espécies de Dinossauros, e também por lá ter sido gravado o famoso filme “Uma noite no Museu“. Aqui, conseguimos mais uma vez entrar sem filas, graças ao CityPass NY e conseguimos começar logo a explorar as várias exposições, assim que entrámos.

O museu conta com vários andares e respectivas salas, divididas por espécies.

Confesso que é um museu que gostei, mas não sou propriamente amante de dinossauros e, por isso, não amei. Achei que os meus irmãos sim, iriam adorar todo o museu, uma vez que são fãs de fósseis e de toda a história que inclua dinossauros. Como referi aqui, o CityPass não nos deu acesso ao famoso T-Rex nem à área marinha, provavelmente a sala de que mais iria gostar. Tinhamos a possibilidade de comprar a entrada à parte, mas acabámos por não o fazer.

Exposição do Museu Nacional de História Natrual

 

Gelado no Central Park

Depois de vermos o museu, e uma vez que o museu fica em frente à parte norte do Central Park, nada melhor do que comer um gelado e dar um passeio pelo maior parque da cidade.

O Central Park foi um dos locais que mais gostei de visitar. Passear por toda aquela natureza, sabendo que estou no meio da cidade que nunca dorme, poder desfrutar do sol, da relva verde, do lago… Senti que era mágico.

Passar tantos anos a ver o Central Park nos filmes e depois poder desfrutar e sentir que fazemos parte da rotina da cidade é maravilhoso.

É um sonho tornado realidade!

Central Park

É ou não é mágico?

A Fonte, Central Park

Na fonte do parque são pedidos inúmeros desejos – eu e o meu primo pedimos o nosso enquanto atirámos a moeda para a fonte -, e até pedidos de casamento.

No lago, as pessoas fazem passeios de barco e é possível ver imensos patos a vaguearem por lá.

Para além de patos, cisnes e os famosos esquilos, conseguimos ver também um guaxinim a trepar uma árvore (fiquei louca!). O meu cão chama-se Meeko, por ser o nome do guaxinim da Pocahontas (que é o meu filme preferido da Disney, ou de todo o seeeempre!), por isso já podem imaginar o entusiamo.

Daniel com um Esquilo

No dia a seguir, foi novamente dia em família! O meu tio tirou o dia de férias e, juntamente com a minha avó, fomos desta vez os cinco passear e conhecer a zona das praias, de New Jersey.

A primeira paragem foi em Long Branch, por onde passeámos pela praia, enquanto bebiamos os nossos frapuccionos e comíamos os famosos donuts (que comi quase todos os dias) da Dunkin Donuts, que comprámos pelo caminho. São tãooo bons!

Long Branch

 

Long Branch

Segunda paragem foi em Asbury Park, que é uma cidade também de New Jersey, no Condado de Monmouth. Por lá, passeámos pela praia – fizemos o calçadão de um lado ao outro-, partindo do Asbury Park Convention Hall, que é um centro de exposições, que dispõe de 3600 lugares, localizado no calçadão, junto à praia. Lá dentro, tem também várias lojas de comércio tradicional.

 

Asbury Park Convention Hall

 

Interior do Asbury Park Convention Hall

Infelizmente não estava um dia solarengo, ainda apanhámos alguma chuva, mas mesmo assim foi um dia em cheio, com a família.

Almoço delicioso

Fomos almoçar num dos restaurantes em Point Pleasant Beach, no Condado de Ocean. É uma zona junto à praia que parece um enorme parque de diversões, com variadas actividades, lojas de brinquedos e claro, de doces.

Comemos uns hambúrgueres, acompanhados de batatas fritas com vários molhos (claro que não podiam faltar!) e uma coca-cola e saímos de lá (a abarrotar) super satisfeitos.

Terminámos o dia em casa, todos em redor na sala, a conversar e a ver séries, no quentinho.

Foi mais um dia em cheio, nesta estadia de duas semanas, principalmente porque foi um dos poucos dias em que podemos contar também com a companhia do meu tio.

Para ser perfeito, só faltavam os recém-casados terem passado também o dia connosco.

Point Pleasant Beach

Espero que estejam a gostar de acompanhar esta viagem, tanto quanto eu gostei de lá estar.

Beijo,

Rita.

 

Comentar

  Subscrever  
Notify of