Rota 94: uma apetitosa descoberta

Na semana passada, tínhamos um jantar de sushi combinado com amigos. Como sabem, o André não gosta de sushi e achei que o deveria compensar por todas as vezes que ele come Yakisobas (Noddles), para que eu me delicie a comer sushi. Então… sondei os amigos para saber que restaurantes serveriam boa picanha (que ele adora) e deram-me duas sugestões: a Picanharia, em Massamá, e a Rota 94, em São Marcos, no Cacém.

Rota 94

Tentei reservar mesa na Picanharia, mas disseram-me que sextas, sábados e domingos só funcionam por ordem de chegada. Assim, quando saímos dos nossos trabalhos, fomos a casa passear o Meeko, o cão mais lindo do mundo e terrorista, e seguimos para a Picanharia, na tentativa de ainda conseguirmos uma mesa. Quando lá chegámos vimos várias pessoas à porta e percebemos que não seria tarefa fácil conseguir mesa. E assim foi: já não aceitavam pessoas na lista de espera.

Passei para o Plano B e seguimos até à Rota 94. Trata-se de um armazém grande, numa zona industrial, e mesmo assim estava bastante cheio também.

Disseram-nos que não tinham mesas disponíveis e, por esse motivo, teríamos de aguardar por uma mesa ou ficarmos sentados nos balcões de bancos altos que têm à entrada. Achámos que não seria um problema, queríamos era jantar.

Rapidamente fomos atendidos e trouxeram-nos logo as bebidas enquanto analisávamos a carta. Acabámos por pedir um Bolo do Caco para entrada, que vem servido com azeite e vinagre balsâmico (que eu adoro!). Para pratos principais: eu pedi um Naco de Picanha e o André pediu a Rota do Chef, que inclui entrecosto, salsichas, bifanas e novilho.

Naco de Picanha e Acompanhamentos

Os pratos vêm muito bem servidos e trazem quatro acompanhamentos: batatas fritas às rodelas, arroz, feijão preto, mandioca frita e salada.

O espaço é enorme, mas bastante acolhedor. Tinha música ao vivo, todos os funcionários foram sempre muito simpáticos e prestáveis.

Ficámos tão satisfeitos com a quantidade de comida que nos foi servida que optámos por não pedir sobremesas nem cafés. A comida é muito bem servida e de boa qualidade.

Ao nosso lado estava um casal que pediu Picanha com Mozzarela de Búfala (estive indecisa em pedir em vez do Naco), e digo-vos que tem muito bom aspecto. Terei de voltar para experimentar.

Pagámos 39.90€ pelos dois. Apesar de não ser barato, achei justo, pela quantidade e, principalmente, qualidade da comida. Aconselho bastante.

Pratos Principais e Acompanhamentos

E vocês já visitaram a Rota 94?

Comentar

  Subscrever  
Notify of