Basílio: um lanche delisioso

Já todos nós ouvimos falar do Nicolau e, arriscaria até dizer, que já todos ouvimos falar da Amélia – a sua namorada.
Pois bem, eu visitei pela primeira vez, não o Nicolau, não a sua namorada – Amélia, mas o sim o seu primo Basílio.
Ou seja, o Basílio foi o primeiro espaço do grupo que visitei.
Situado na Rua dos Bacalhoeiros, em Lisboa, o Basílio é um espaço bonito, cheio de plantas, mesas de pedra mármore e mosaicos com padrões distintos.

Não tendo método de comparação – entre os três espaços do grupo (quatro se contarmos com o espaço no Porto) – posso dizer que adorei a decoração e o staff é super simpático.

Visitámos o Basílio ao fim da tarde, depois de uma tarde de passeio pelas ruas lisboetas, com o objectivo de lanchar e descontrair um bocado.

Ao contrário do que estava à espera, não estava cheio. Conseguimos lanchar com bastante tranquilidade e sem grande barulho.

O lanche no Basílio

Pedimos uma panqueca Basílio (panqueca fit com fruta e manteiga de amendoin com cacau) e o Sumo Basílio (leite de cocô e ananás) – para ele – e um Cappuccino e uma panqueca Olívia (panqueca com natas e frutos vermelhos) – para mim.
As panquecas são deliciosas e bastante grandes. Deixaram-me bastante satisfeita. Nesse dia já nem sequer tive fome para jantar.
Também as bebidas – tanto o sumo de ananás como o cappuccino – estavam óptimos.

Never Grow Up

No geral gostei bastante e fiquei com curiosidade para visitar os outros dois espaços em Lisboa.

Pagámos 21,20€.

Pontos menos positivos: o preço e o facto da minha panqueca ser de frutos vermelhos e ter trazido apenas morangos.

Apesar de tudo ter bastante qualidade e a comida ser deliciosa, acho que pagamos mais por ser um “local da moda”. Contudo, fiquei com vontade de voltar para fazer um Brunch.

E vocês já conhecem o Nicolau, a namorada ou o seu primo?

Beijo,

Rita.

Comentar

  Subscrever  
Notify of